Evitar castigos

Por vezes pode parecer o contrário, mas na verdade as nossas crianças não gostam de fazer asneiras.
Na realidade, elas passam os dias a tentar compreender e entender o meio em que vivem e qual é o seu lugar no mundo enquanto crescem e aprendem a coordenar o corpo e a regular os impulsos.

Nestas investidas pela descoberta do mundo, os desastres acontecem, as jarras acabam partidas, os saltos da mãe sem arranjo e o novo ecrã plasma nem teve tempo suficiente para ganhar pó.

É nestas alturas que os crescidos, pais, também eles incapazes de gerir a frustração do momento e muito vezes desconhecedores de outras técnicas, optam pelo castigo.

Mas existem outras alternativas que não só evitam toda a agitação emocional da atribuição, cumprimento e pós-castigo, como também libertam pais e filhos de situações de ansiedade e desespero.

1.Vá de encontro as necessidades do seu filho. Se sente que ele está a ficar aborrecido, rabugento, mal disposto, corra mentalmente uma Check list: tem fome? Dormiu bem? Precisa de atenção? Quando foi a última vez que falei para ele? E não se preocupe, não “estraga” o seu filho ao estar disponível para ele.

2. Tenha uma decoração amiga do seu filho, se passa a vida inteira a dizer ao seu filho para não mexer na taça de cristal que está em cima da mesa da sala ou para não colocar dois dvd’s em simultâneo dentro do respectivo leitor, já pensou nas vantagens de tornar essas coisas inacessíveis?

3. Rotina, dias previsíveis ajudam as crianças a sentirem um maior controlo sobre o seu mundo, dando-lhes uma maior segurança, logo, deixando-as menos agitadas.

4. Abraços e beijos. Muitas das vezes as crianças acalmam e mudam o foco das suas emoções apenas com um abraço, um toque ou um beijo.

5. Todos os dias, demonstre ao seu filho que ele é tão especial para si, que tem um tempo que é só dele. Dedique 20 minutos diários a conhece-lo, deixe que seja ele a comandar. Você já o faz o resto do dia.

6. Projetem juntos um cantinho especial, um sítio decorado ao gosto do seu filho, com muitas almofadas, intimo e aconchegante. Diga-lhe que sempre que ele se sentir zangado, irritado ou com qualquer dos outros sentimentos que nos arrefecem por dentro, que pode e deve ir para o sítio especial. Vá também. Dê o exemplo. Partilhe e demonstre emoções.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s