TPC à prova de neuras

FF-KHWAlfie Kohn, um dos maiores especialistas do mundo em educação têm vindo ao longo dos anos a defender que os trabalhos de casa não melhoram ou desenvolvem as capacidades de aprendizagem de uma criança nos primeiros anos de escola.

Mas, infelizmente, as nossas crianças (grande parte delas) estão em escola em que recebem trabalhos para casa.

Ora, a maioria dos pais lida tão mal com esta realidade quanto os filhos, sim, se é verdade que é difícil motivar uma criança para realizar uma tarefa que ela não gosta ou que percebe o objectivo, mas também é verdade que motivar os pais, para alocarem mais algum do seu tempo a uma tarefa que eles próprios também não gostam e não entendem é uma missão igualmente difícil.

Mas os trabalhos têm de ser feitos e como tal, a única missão possível é encontrar formas de realizar esta tarefa com alguma satisfação ou pelo menos com o mínimo de irritação e frustração possível.

Trabalhos de casa à prova de neuras

  1. Mantenha-se informado “que trabalhos trazes hoje para fazer?” deve ser uma pergunta diária, as crianças aprendem que as coisas são importante consoante a importância que lhes damos (para o bom e para o menos bom), o mesmo se aplica às outras coisas significativas e indispensáveis com as quais insistimos no dia a dia da família “já lavaste os dentes?”.
  1. Faça dos trabalhos de casa uma rotina, ter uma hora certa para a realização dos trabalhos ajuda a criança a estar emocional e intelectualmente desperta e consciente para o que tem de fazer e quando. Se a hora certa for “ quando você decidir” a probabilidade de o seu filho estar a fazer algo de que gosta bem mais é imensa o que vai aumentar a desmotivação, rabugice e dificultar a capacidade de envolvimento com a tarefa “TPC”.
  1. Estar perto ou estar longe? Depende das crianças, há crianças que preferem realizar os trabalhos de casa perto dos pais, por vezes até na mesa da cozinha enquanto se prepara o jantar. O que é importante é que haja um clima propicio a concentração. Adianta pouco ter o seu filho ao pé de si para o manter concentrado, se tiver a televisão ligada num programa estimulante ou se aproveitar esses momentos para por os seus telefonemas em dia.
  1. Não se ofereça para ajudar (sobretudo se for para se despachar) mas mostre-se disponível, o objectivo dos trabalhos de casa é ajudar o seu filho a assimilar conteúdos, não é para testar o limite de paciência dos pais. Lembre-se, todas as crianças querem sentir que são capazes, se agarrar no lápis e fizer por ele, não está a ajuda-lo nisso.

 

Bons trabalhos aí em casa! 🙂

Cristina Nogueira da Fonseca

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s